Stress


Autor: Prof. Roberto de Oliveira - Faixa Preta 2º Dan

Fala-se muito em stress(estresse), diz-se que é o mal do século, da vida moderana, mas na realidade trata-se de uma herança genética dos nosso ancestrais.
Podemos dizer que o estresse seria benéfico , mas se vivessemos em meio a uma selva, sujeitos a  ataque de bichos  selvagens , feras horrendas capazes de nos ferir gravemente. Ou mesmo outros grupos tentando nos atacar por terrítório, ou mesmo ficar com a carcaça de algum animal.
Neste contexto teríamos dua alternativas, enfrentar ou fugir, sendo o estresse a prontidão corportal para responder a estas alternativa ou estimulos.
A nossa “selva” mudou, os nossos estimulos (ou agressores)  podem ser  crise financeira, instabilidade política, horários apertados, trânsito, pressão no trabalho, o grau de incerteza quanto ao futuro ou rumores de violencia urbana.
Desta forma, como individuos socialmente engajados, tidos como normais, aos sermos  pressionados no trabalho por exemplo, não podemos quebrar o nosso computar, não podemos sair correndo pelo corredor da empresa ou mesmo subir numa arvore quando surge uma cobrança financeira, ou largar o carro numa marginal e ir embora correndo gritando ou agredindo a tudo e a todos.
Mas...genéticamente o corpo está em prontidão, vamos entender....
Quando o individuo está estressado, diversos fatores corparais são alterados, sempre visando o enfrentar ou fugir. No caso dos muscuclos , eles ficam tensos para proteger o corpo contra lesões, a respiração fica mais forte,fazendo com que o coração trabalhe mais. A respiração fica mais mais forte. Produz-se mais adrenalina e cortisol para a reação corporal de luta ou fuga, o corpo também produz mais glicose para dar energia ao corpo.
E por fim o sistema nervoso direcionará todos os recursos para dar a resposta de lutar ou fugir.
E aqui não falamos dos impactos no Fígado, Estomago, Rins, Esôfago e intestino.
Tudo isso caro leitor, pode ocorrer durante uma conversa com o atendente da TV a cabo, uma discussão sobre futebol, num momento de ansiedade por questões familiares ou mesmo dirigindo num transito congestionado.
Agora imagine, uma pessoa tendo todo este aparato corporal pronto todos os dias, toda hora, para uma luta e fuga que não haverá. Isso acarretará uma serie de patologias, desde problemas psicológicos, doenças cardiovasculares, queda da imunidade e por ai vai.
Na pratica do taekwondo, são trabalhados  aspectos emocionais e físicos do indivíduo.
O que seriam?
Através das técnicas de combate (aqui praticamos luta e fuga), exercícios corporais que envolvem disciplina, autocontrole e foco, traz ao praticante de taekwondo, o bem-estar emocional, pois propicia a liberação da endorfina a substancia do bom humor.
Um outro aspecto relevante e que atua de uma forma terapêutica no alivio do estresse, é mensagem contida no “DO” do Tae Kwon Do, que  significa Caminho, pois,  através do Tae Kwon Do o praticante obtém o autoconhecimento, isto é, suas fraquezas ,seu medos suas limitações, noção de tempo e espaço,  ajudando-o no dia dia.  
Kamsá Hanmidá

Prof. Roberto Oliveira


www.dojangoliveira.org

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fé Cristã e o Espirito do Taekwondo

Não tenho mais idade.....

Bem-Vindo